31
Ago 09

 

Desde Julho até agora, de tudo o que tive oportunidade de ver (e não vi tudo, como é fácil de entender) em matéria de ideias e de propostas para a batalha política das eleições legislativas de 27 de Setembro, tenho para mim que nada vi de novo - antes mais do mesmo. Excepto...

 

Excepto as linhas que li sobre a apresentação da candidatura de Garcia Pereira, ou seja, do PCTP/MRPP (as quais se reportam a 29 de Julho último). A análise da realidade nacional que ali é feita é mais do que correcta. O ataque à corrupção e à fraude também ali é particularmente eloquente e merecedor de atenção - pois coloca o problema de uma forma que não vi ser tratada por mais nenhuma formação política.

 

Acho ser de ler com urgência aquele documento que "capturei" em http://garciapereira2009.blogspot.com

 

publicado por flordocardo às 23:42

24
Ago 09

 

1. Através do IEFP ficámos a saber há dias atrás que o desemprego continua a aumentar em Portugal. A chaga avoluma-se, mesmo num período de tradicional criação de empregos sazonais, o que só prova a gravidade da situação.

Entretanto, hoje mesmo, o «Jornal de Notícias» dá conta de que diversos especialistas alertam que o pior está para vir nesta matéria, revelando igualmente que em Julho passado se registaram 128 falências de empresas, enquanto outras 308 avançaram com pedidos de insolvência. É obra!

 

É óbvio concluir que esta classe dominante  - e governante - não tem qualquer solução para este problema nem para qualquer outra coisa.

 

2. Opinião diferente desta terá certamente um senhor que dá pelo nome de João César das Neves e a quem chamam de economista. O mesmo diz, também hoje, no «Diário de Notícias», a dado passo, isto: «O maior disparate, o mais comum, é deduzir da crise a necessidade de mudar de sistema. Isso equivale a recomendar às vítimas de um desastre de automóvel que andem de burro

Vê-se logo que a preocupação do homem é que o sistema não seja posto em causa. Mas se não é o sistema que está em causa, então o que é que está? Querem lá ver que é o burro?!...

publicado por flordocardo às 18:32

22
Ago 09

 

 

Pois... A semana foi terrível a todos os títulos. E sem escapatória.

 

Há pouco consegui pegar num livro e relê-lo em parte: «Sonótono», de Daniel Jonas (foi o livro de poemas que me veio à mão).

 

No comboio, atacou-me uma intensa necessidade de glosar dois dos poemas do livro num único. Tais poemas constam a páginas 36 e 37 do dito cujo.

 

Resultado?

 

       Falhei em ti e fiquei certo

       que a um sinal teu somente teu

       subtil em mim a vida visse perto

       e se morresse perdida no deserto

       alguma coisa mais fosse de meu

 

       Falhei em ti (ou tu em mim?) e fiquei certo

 

Diria... Diria que isto vem à laia de acerto comigo mesmo, de desabafo, de água sobre uma ferida à qual se acabou de tirar a ligadura... Talvez seja até um poema por acabar, ou por polir.

 

Na certeza porém, o poeta Daniel Jonas nada tem a ver com isto.

publicado por flordocardo às 21:25

17
Ago 09

 

 

Tem sido intensos estes últimos dias.

 

Estou quase a derrear de tanta correria para todo o lado e mais algum... E tudo isto por entre este calor abrasador!

 

Portanto, desculpem lá a minha ausência nestes últimos dias - se é que ela vos fez alguma falta. Novos  posts  virão em breve, penso eu de que...

 

publicado por flordocardo às 18:23

10
Ago 09

 

Este post devia ser de ontem, ou mesmo de anteontem. Ou podia e devia ser de há muito tempo antes, ou ainda mesmo assim tão intemporal que nunca devia ter existido, ou sequer  devia ter sido pensado.

 

Este post não tem nome, não tem título.

 

Este post é um beijo - ou a memória clandestina, intensa, visceral de um beijo antigo, e tão presente que ofusca tudo em seu redor.

 

Este é o post de quem não tem palavras suficientemente exactas e luminosas, por entre a bebedeira da luz, da sombra e do ar presentes. É o post  daquele que procura o poema capaz e tudo demora e desespera nessa procura; e quase cega.

 

Este post é o esboço, excessivo, de um poema futuro e, como o vento, sem data marcada; poema que busca incessantemente a sua própria, irrepetível e perfumada forma.

 

 

publicado por flordocardo às 10:57

07
Ago 09

 

 

Em Junho último, os CTT resolveram assinalar, com a série filatélica JAZZ EM PORTUGAL, os dez anos passados sobre a morte de Luís Villas-Boas, um dos fundadores do Hot Clube de Portugal e o seu primeiro sócio.
A colecção é composta por selos que reproduzem cartazes de vários festivais de jazz e outros dedicados a Villas-Boas, ao Hot Clube e ao Quarteto Hot Clube.
Vi-os agora e achei-os - bem como à ideia em si - extremamente interessantes.
O desenho gráfico é de Hélder Soares, sobre fotografias de Augusto Mayer, João Freire e Joaquim Mendes.

 

 

publicado por flordocardo às 13:00

05
Ago 09

 

 

Acabo de ler, num ápice, um livro de António Rosa Mendes que me foi oferecido. De seu nome «Olhão fez-se a si próprio».
Cento e poucas páginas de deliciosa escrita sobre um tema sumamente instrutivo - a história da Vila de Olhão da Restauração.
Aconselho vivamente uma tal leitura.
O livro tem a chancela da GENTE SINGULAR editora, Lda., tendo sido dado à estampa em Junho deste ano.
publicado por flordocardo às 10:30
tags:

03
Ago 09

 

 

 
  
 

Assim, como vindo do nada, de repente, este poema... vos deixo. 

 

 

 

 

ASSIM...

 

 

 

 

 

Como se houvesse uma palavra luminosa

 
Como se o vento viesse pelas árvores
 
Como se visto e tido nada tivesse
 
 
Caminha pedras e dunas rumo ao mar
 
Por entre uma raiva esperançosa
 
Em passo lento leve e repetido
 
De quem espera descobrir outro lugar

 

 

Lisboa, 3 de Agosto/2009

 

 

publicado por flordocardo às 17:59

02
Ago 09

 

 

2 de Agosto de 1929 - Nasce em Aveiro o músico e compositor José Afonso;

 

2 de Agosto de 1976 -  Morre o cineasta de origem austríaca Fritz Lang - realizador, entre outros, dos filmes Metropolis e M-Matou -, com 86 anos idade;

 

2 de Agosto de 2004 - Morre, com 95 anos, o fotógrafo Henri Cartier-Bresson, co-fundador da agência Magnum;

 

2 de Agosto de 2009 - Fico a saber pela imprensa que as estatísticas nacionais relativas aos incêndios florestais não batem certas entre a GNR, a Autoridade Florestal Nacional e os bombeiros...

 

publicado por flordocardo às 19:40

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21

23
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO