15
Jul 09

 

Para preencher o resto deste dia?... Um dia passado em limpezas na cozinha, depois de regressado de Portimão?... Pois uma bela tradução realizada por Jorge de Sena, inserta no livro «Poesia de 26 Séculos - De Arquíloco a Nietzsche» (editora Fora do Texto, 1993).
 
TRECHO DE «BELEROFONTE»
 
Quem disse alguma vez que há deuses lá nos céus?
Não há, não há, não há. Não deixem que ninguém,
mesmo crente sincero nessas velhas fábulas,
com elas vos engane e vos iluda ainda.
Olhai o que acontece, e dai a quanto digo
a fé que isto merece: eu afirmo que os reis
matam, roubam, saqueiam à traição cidades,
e, assim fazendo, vivem muito mais felizes
que quantos dia a dia pios são e justos.
Quantas nações pequenas, bem fiéis aos deuses,
sujeitas são dos ímpios com poder e força,
vencidas por exércitos que as escravizam.
E vós, se em vez de trabalhar rezais aos deuses,
e deixais de lutar para ganhar a vida,
aprendereis que os deuses não existem. Que
todas as divindades significam só
a sorte, boa ou má, que temos neste mundo.
 
                                          Eurípedes
(Grécia - Ática - 480-405 a.C.)
publicado por flordocardo às 23:53
tags:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO