26
Mai 10

 

 

No próximo sábado, dia 29 de Maio, tem lugar uma Manifestação Nacional contra a política do actual governo. Esta iniciativa, convocada pela CGTP, surge num momento importante – no momento em que nos lançado para cima dos ombros o OE/2010, o PEC e as «medidas adicionais» (uma espécie de PEC 2, se é que não se prepara ainda um PEC 3…)

Aos trabalhadores portugueses só resta lutar. E do meu ponto de vista é indispensável construir uma forte e ampla unidade da classe operária, dos trabalhadores, dos desempregados, dos jovens, dos reformados, de todos os democratas contra a política do «bloco central» e do governo actual que a aplica. Este deve ser o objectivo central da manifestação de sábado. E a mesma deve constitui um vigoroso protesto nacional, preparatório de outro, mais avançado ainda: a greve geral. É que este governo deve ser isolado e apeado do poder, sob pena do país se afundar por completo em virtude do conjunto de medidas agora postas em marcha.

Vários governantes, Passos Coelho e a CIP tomaram  já posição contra a manifestação de sábado e a possível realização de uma greve geral. Isso é uma coisa boa e não uma coisa má, como é fácil de entender. Constitui sinal de que a presente luta tem alvos e confirma o ditado que diz que «quem não se sente não é filho de boa gente»... 

 É por tudo isto que eu vou lá estar, mesmo que alguns que também possam lá ir não concordem inteiramente com as ideias que aqui expresso.

 

publicado por flordocardo às 12:52

Também acho que é de ir. Pra pior já basta assim!
ramsés a 26 de Maio de 2010 às 15:00

Lá estaremos, mandemos do pedestal abaixo...cambada!...
Porto Santo a 26 de Maio de 2010 às 16:50

Ainda estou a pensar.
Abraço!
Melt a 26 de Maio de 2010 às 17:59

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO