02
Jun 10

*   *

 

Diário

 

A partir de agora, todo o poema que fale de amor, fora.

Todo o poema que não revolucione, fora

Todo o poema que não ensine, fora.

Todo o poema que não salve vidas, fora.

Todo o poema que não se sobreviva, fora.

Vou deixar um anúncio no jornal:

Procura-se poeta. Trespasso-me.

 

                            Ana Salomé

(retirado do livro «Resumo - a poesia em 2009» - Assírio & Alvim, Março/2010)

 

___________ 

 

Ana Salomé, de seu nome Ana Catarina Rocha, nasceu em Lisboa a 29 de Setembro de 1982. Vive e trabalha em Braga. Em 2006 editou «Anáfora» (Publicações Pena Perfeita) e em 2008 «Odes» (Publicações Canto Escuro).

publicado por flordocardo às 01:39
tags:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO