14
Jun 10

 

* *

 

E TUDO ERA POSSÍVEL

 

Na minha juventude antes de ter saído
da casa de meus pais disposto a viajar
eu conhecia já o rebentar do mar
das páginas dos livros que já tinha lido

 

Chegava o mês de maio era tudo florido
o rolo das manhãs punha-se a circular
e era só ouvir o sonhador falar
da vida como se ela houvesse acontecido

 

E tudo se passava numa outra vida
e havia para as coisas sempre uma saída
Quando foi isso? Eu próprio não o sei dizer

 

Só sei que tinha o poder duma criança
entre as coisas e mim havia vizinhança
e tudo era possível era só querer

                                        RUY BELO (1933-1978)

(do livro «Homem de Palavra(s)» - Editorial Presença, 5ª. edição, Lisboa/1999)

 

publicado por flordocardo às 12:30
tags:

Belo...
Porto Santo a 14 de Junho de 2010 às 21:01

Gostei!
Abraço! *
TF a 15 de Junho de 2010 às 15:07

PS e TF: obrigado por terem gostado!
Abraços! *
flordocardo a 15 de Junho de 2010 às 17:38

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO