07
Jun 10

 

 

 

publicado por flordocardo às 11:22

06
Jun 10

publicado por flordocardo às 00:05

05
Jun 10

 

 

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, recebe na próxima segunda-feira o antigo chefe do governo de Espanha e líder do Partido Popular, José Maria Aznar. Sim, um dos figurões da Cimeira dos Açores, lembram-se?

Aznar, que chefiou o executivo espanhol entre 1996 e 2004, preside actualmente à Fundação para a Análise e Estudos Sociais de Espanha e dá aulas na universidade norte-americana de Georgetown. Das várias organizações que integra, destaca-se o Board of Directors da News Corporation, a holding de Rupert Murdoch para a Comunicação Social.

 

Dito isto, querem ver que o homem vem cá para nos dar umas dicas que ajudem a salvar a PT das garras da Telefónica?...

 

LOL !!!

 

(PS - Mas parece que, antes disso, Aznar janta com Passos Coelho...)

publicado por flordocardo às 19:03

 

 

Quarto - aluguer consumado há instantes.

 

 

Estou contente e estou triste.

Estou que nem posso.

Vou almoçar.

 

publicado por flordocardo às 13:52
tags:

 

Estou momentaneamente baralhado. Já terei postado isto? Não interessa!!!

Apetece-me e pronto!!!

 

publicado por flordocardo às 00:08
tags:

04
Jun 10

 

 

Pudim de ananás

Andam a comer pouca fruta? Não têm ingerido as doses diárias que os especialistas (quais?..., eles existem aos montes…) recomendam?

Se estão nesta situação, têm aqui uma excelente oportunidade para se corrigirem…

Esta receita contém 121 calorias por dose (ninguém sabe é o tamanho da dose…).

 

Ingredientes (para 6 pessoas)

1 lata média de salada de frutas (qualquer lata serve, julgo…)
300 ml de sumo de ananás sem açúcar
2 gemas de ovo (qual será a ave light…)
6 claras
2 e ½ copos de leite magro (de vacas esquelécticas)
adoçante para culinária (que é que será isto?...)
raspa de 1 limão
2 paus de canela
3 colheres de sopa de caramelo líquido

 

Preparação

1. Coloque um tacho ao lume, aqueça o leite com a raspa do limão e os paus de canela e, quando começar a ferver, retire do lume e junte adoçante a gosto e o sumo de ananás.

2. Numa tigela, bata bem as claras. Acrescente as gemas e bata novamente e, com a ajuda de um coador, vá juntando, aos poucos, o leite morno, e misture com umas varetas. Deite este preparado numa forma caramelizada e cozinhe em banho-maria.

3. Introduza a forma no forno pré-aquecido a 150º C durante uma hora. Desenforme sobre um prato e decore com a salada de frutas em cima e à volta do pudim. Se gostar, enfeite também com folhas de hortelã fresca. Sirva frio.

 

Talvez a coisa anime o meu e o vosso fim-de-semana.

publicado por flordocardo às 17:52
tags:

 

 

Que eu saiba, até agora havia coisas constitucionais e coisas inconstitucionais. Isto julgava eu até agora, na minha provável ingenuidade…

 

Julgava, pois o certo é que há dias ouvi o ministro Teixeira dos Santos dizer no Parlamento que isso de nada vale quando em causa está a «defesa da economia, do emprego e do futuro do país»...

 

Acresce que hoje, também no Parlamento, o Primeiro-ministro alegou estar convicto que a proposta de lei destinada a aumentar as taxas do IRS abrangendo o rendimento desde Janeiro/2010 é «constitucionalmente sustentada».

 

Eis, aqui, uma variante. Passámos às medidas constitucionalmente sustentadas e constitucionalmente insustentadas

 

A coisa vai dar um novo livro (ou filme): A insustentável leveza da Constituição.

 

publicado por flordocardo às 15:40

*  *  *

 

(O que eu quero não o sei mas quero)

 

O que eu quero não o sei mas quero

Algumas figuras apertam-se

como se não tivessem espaço

mas o espaço é demasiado grande

 

Deslocá-las como se fossem manchas

ou amarelas ou vermelhas

Procurar a sombra das folhas subir a uma varanda

ver o espaço e sermos o seu fogo

correndo em linhas paralelas

 

Não podemos ser senão o que podemos ser

Seguir por esta rua

e sentir de súbito a lufada de um vento

enrolando a folhagem e os cabelos

 

                             António Ramos Rosa (n. 1924)

 

(do livro «Versões/Inversões» - Edição O Mirante (Jornal da Região do Ribatejo), Novembro/1997) 

 

publicado por flordocardo às 11:26
tags:

publicado por flordocardo às 00:16
tags:

03
Jun 10

 

Como eu já vaticinava desde ontem, a Dª. Joana falhou outra vez. Porra!

Tive que meter eu as mãos à obra. Hoje, limpeza do fogão e do quarto.

Neste, de repente, uma surpresa: post-its...

Post-its amarelos, como é comum. 76x76mm. Eram 9.

1 - A

2 - D

3 - O

4 - R

5 - O

6 - -

7 - T

8 - E

Mais 1, o 9, com assinatura. Eram para mim... Fosca-se!!!

 

O post-it, papel com um adesivo atrás de fácil remoção e que não deixa marcas, foi inventado pelo norte-americano Art Fry, em 1977. É hoje comercializado em quase todo o mundo. O post-it, que é tão facilmente colocado em qualquer local, retirado e voltado a colocar noutro sítio, é normalmente usado como bloco de notas, para pequenas anotações, para lembretes. A sua utilização é tão simples e eficaz que o post-it se generalizou, transformando-se num objecto indispensável em qualquer casa ou empresa. Mas este lembrete, estes post-its, porque haviam de estar ali? Porque os guardei? Porque não os...

O resultado foi atirar-me à casa de banho. Banheira e lavatório limpos até brilharem. 

 

Uma colega minha disse-me há dias que tem um amigo que por vezes lhe diz: «tenho dias em que me sinto uma autêntica gaja». É como me sinto hoje. E há mal nisso? Não. O único senão é as coisas não ficarem tão bem como desejaria. Mas aprende-se a fazer, fazendo, né?

Seguiu-se um banho. A este, o jantarito.

E aqui estou eu, pronto para ir ainda "atacar" o resto da casa de banho (sanita, chão, etc.). E para tirar as roupas do roupeiro do quarto para o roupeiro do hall de entrada.

E tudo isto porquê? Sabem?

A verdade é que se tudo correr conforme o previsto vou alugar o meu quarto a partir do próximo sábado. Isto de as euribor terem voltado a subir...

É claro que isto tem vários problemas. Suponham que eu arranjo uma namorada por estes dias?... Isto é um T1, sabem?...

Mas tudo se há-de resolver. O caral... dos post-its é que..., fod...!!!

Contrariamente à natureza dos próprios post-its, há post-its que deixam marca; uma marca agridoce. Funda.

 

Eis um post estranho; sobre limpezas, post-its, memórias e quartos para alugar. Para este feriado católico, convenhamos que não está mal, não acham?

 

publicado por flordocardo às 23:25

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO