18
Fev 13

 

 

*   *   *

 

 

Quebra do PIB e das exportações, aumento do desemprego (que atinge os 40 por cento nos jovens entre os 15 e os 24 anos); eis elementos que se podem extrair dos dados oficiais relativos ao 4º. trimestre de 2012, os quais demonstram o inexorável afundamento do país - um afundamento que nenhum “regresso aos mercados” pode iludir.

 

Dizem-me que tudo isto são consequências do “ajustamento” de que o país necessita. “Ajustamento”… É uma palavra que não me sai da cabeça. Um dia destes talvez vos diga qualquer coisa sobre este (para não lhe chamar outra coisa) eufemismo.

 

Pelo meio, o Primeiro-ministro diz que “…precisamos de encontrar em cada cidadão um soldado”. Pois…

 

Entretanto, vaticino que após uma semana informativamente dominada pelo Papa alemão, iremos ter agora uma semana consagrada ao Sporting. Mas pode ser que eu me engane…

 

publicado por flordocardo às 13:44

 

*   *   *

 

 

As duas últimas semanas foram muito intensas. Ontem, lá me senti mais aliviado (profundamente) e por isso foi dia de descansar, descansar, descansar.

Acho que entrei num período sabático, preparatório - agora plenamente - daquilo que penso vir a editar. É nisso que posso agora concentrar todos os neurónios que me restam.

publicado por flordocardo às 13:38
tags:

Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13

20
21
23

24
26
27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO