02
Jul 10

 

 

[pulo.jpg] 

 

DESMEMBRAR

 

Eu desmesmbro-te

(eu desmembro-me)

Tu desmembras-me

(tu desmembras-te)

Ele desmembra-nos

(ele desmembra-se)

 

Nós desmembramo-nos

Vós desmembrai-vos

Eles desmembram-nos

Até um dia destes… tudo

ou quase tudo ser claro

e chegar para ser feito

febrilmente

 

(Cruz Quebrada, 03.06.2010)

 

publicado por flordocardo às 02:05

Singular e estranho...
Abraço! *
TF a 2 de Julho de 2010 às 15:24

Bem estranho, mas talvez se entranhe...
Bom fds para ti!
Luísa a 2 de Julho de 2010 às 17:50

Mas não te desmembres totalmente...Belo Poema
Porto Santo a 2 de Julho de 2010 às 18:09

Espero que não, espero que não!
flordocardo a 3 de Julho de 2010 às 00:11

Então parabéns a quem escreveu... temos poeta. E a foto que se segue ao título, amei pura e simplesmente. Tudo cinco *****
Beijocas
ónix a 4 de Julho de 2010 às 19:45

Obrigado, querida ónix!
Bjões! * * *
flordocardo a 5 de Julho de 2010 às 01:30

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

17

18

25


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO