26
Out 09

 

 Ondas...

Altas vagas...

 

Quero ver o mar!

publicado por flordocardo às 15:13
tags:

Também eu quero, principalmente se as ondas correrem com esta tristeza de governo...

Já agora aproveito, e tua licença aqui vai um poema de uma mulher que admiro...

“Mar, metade da minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
Por uma nova ilusão entontecida.

E se vou dizendo aos astros o meu mal
É porque também tu revoltado e teatral
Fazes soar a tua dor pelas alturas.
E se antes de tudo odeio e fujo
O que é impuro, profano e sujo,
É só porque as tuas ondas são puras.”
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Também eu quero, principalmente se as ondas correrem com esta tristeza de governo... <BR><BR>Já agora aproveito, e tua licença aqui vai um poema de uma mulher que admiro... <BR><BR>“Mar, metade da minha alma é feita de maresia <BR>Pois é pela mesma inquietação e nostalgia, <BR>Que há no vasto clamor da maré cheia, <BR>Que nunca nenhum bem me satisfez. <BR>E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia <BR>Mais fortes se levantam outra vez, <BR>Que após cada queda caminho para a vida, <BR>Por uma nova ilusão entontecida. <BR><BR>E se vou dizendo aos astros o meu mal <BR>É porque também tu revoltado e teatral <BR>Fazes soar a tua dor pelas alturas. <BR>E se antes de tudo odeio e fujo <BR>O que é impuro, profano e sujo, <BR>É só porque as tuas ondas são puras.” <BR><BR class=incorrect <a name="incorrect">SOPHIA</A> </A>DE MELLO BREYNER <BR><BR>Porto Santo.
Porto Santo a 27 de Outubro de 2009 às 15:50

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
24

25
27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO