10
Ago 10

 

Nos dias tristes não se fala de aves

Nos dias tristes não se fala de aves.
Liga-se aos amigos e eles não estão
e depois pede-se lume na rua
como quem pede um coração
novinho em folha.

Nos dias tristes é Inverno
e anda-se ao frio de cigarro na mão
a queimar o vento e diz-se
- bom dia!
às pessoas que passam
depois de já terem passado
e de não termos reparado nisso.

Nos dias tristes fala-se sozinho
e há sempre uma ave que pousa
no cimo das coisas
em vez de nos pousar no coração
e não fala connosco.

                                                              FILIPA LEAL (n. 1979) 

(do livro «A cidade líquida e outras texturas» - Deriva Editores, Porto/2006)

 

VNDO AVES SLVESTRES// DSDE PINTASSILGOS, VERDILÕES, BICOS D LACRE, "CANÁRIOS" ETC BM PREÇO - Viana do Castelo   

publicado por flordocardo às 20:00
tags:

Espectacular..lindo,lindo.
Abraço
ónix a 10 de Agosto de 2010 às 20:41

É. E acho que liga bem com a música.
Bjões! ***
flordocardo a 10 de Agosto de 2010 às 21:42

Há mesmo dias assim.
anónimo a 11 de Agosto de 2010 às 00:01

No conjunto dos novos poetas, está entre os melhores. Como vê aceitei a sugestão e vim espreitar. Gostei das escolhas.
analima a 11 de Agosto de 2010 às 02:18

Ok. Continue a passar!
Abraço!
flordocardo a 11 de Agosto de 2010 às 15:31

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12

15

22



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO