21
Out 10

 

*   * 

 

PRELÚDIO

 

Levanta-se da rocha a flor esmagada
Mais dura do que a rocha e cristalina.

Raízes, caule, pétalas, angústia.

Raízes para sempre ali cravadas,
Caule verticalmente inexorável,
Pétalas miraculosas: pura água.

Minhas mãos são chagas,
Para te colher…
Minhas mãos são chamas,
Pedaços de gelo…
Levanta-se da rocha a flor esmagada.

 

                                        Cristovam Pavia (1933-1968)

 

 

(do livro «Poesia» - edição de Joana Morais Varela, prefácio de Fernando J. B. Martinho - Dom Quixote, 2010)

 

publicado por flordocardo às 12:50
tags:

Mais um poeta que eu não conhecia. Obrigado, pois o poema é muito bom.
Luísa a 22 de Outubro de 2010 às 16:16

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO