09
Abr 11

 

*  *

 

Para o governo, a implementação do pagamento de portagens nas SCUT foi considerado ilegal, ou seja, um governo de gestão não podia avançar com a medida. Para tal decisão, baseou-se num parecer emanado de uma comissão "especializada" da própria Assembleia da República, o qual considerou que levar por diante o pagamento das ditas portagens seria inconstitucional.

Momentos depois, eis que o mesmo governo considerou legal e constitucional pedir ajuda ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira e ao FMI. Mais ainda: o governo achou poder participar nas negociações dessa famigerada "ajuda" - contradizendo expressamente o que dias antes o ministro das Finanças declarara publicamente na televisão (lembram-se?).

Digam-me lá se isto não está pior no que no Burkina Faso?

 

publicado por flordocardo às 14:12

Está bem pior do que por lá!
incógnito a 10 de Abril de 2011 às 12:50

Cambada!!!
TF a 10 de Abril de 2011 às 15:53

E o povo...
Porto Santo a 10 de Abril de 2011 às 21:12

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO