23
Abr 11

 

*  *

 

(escrevo o que ainda conheço)

 

escrevo o que ainda conheço

nomes de ruas pássaros árvores

monólogos de quem ainda fala alto

é a minha voz ou a tua?

como se tudo fosse uma metáfora sem fim

 

lá fora a chuva confunde-se com gestos

falamos do tempo, ponte entre o silêncio e o nada

 

ouve, quando não fores capaz de falar, toca-me

 

                                                                   Maria Sousa

(extraído da colectânea «Resumo - a poesia em 2010» - Assírio & Alvim, 2011)

 

 

publicado por flordocardo às 15:55
tags:

Belíssimo. Boa Páscoa!
Melt a 23 de Abril de 2011 às 21:44

Simplesmente fantástico! Há pessoas que têm este dom... de nos deixar arrepiados com as suas palavras!
Abraço e que estejas bem, sim?
ónix a 24 de Abril de 2011 às 20:30

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO