10
Abr 12

 

*   *

Cito este artigo sem comentários escusados.

______________________________________________________________

Menos 700 mil crianças a beneficiar de abono de família

Este governo servil aos ditames da Tróica, seguindo as pisadas do governo anterior PS, tem demonstrado que o seu único objectivo e obsessão é o de, à custa do empobrecimento progressivo das famílias trabalhadoras, arrecadar milhões de euros exclusivamente para pagar uma dívida que não foi contraída pelo povo e de que ele em nada beneficiou.
Não há um único dia em que o governo não acrescente mais uma medida terrorista às que já antes tomara e que pretende ver esquecidas pela mais recente.
E as consequências dessas medidas – que, na altura em que surgem, são apresentadas como inofensivas – vão-se fazendo sentir de forma cada vez mais dolorosa para quem nada mais lhe resta senão a venda da sua força de trabalho e que vê diariamente à sua frente o espectro da fome.
Assim, depois de recentemente batido o recorde do desemprego, coube agora a vez aos abonos de família: em Fevereiro passado, atingiram-se dois - nunca antes houve tão poucos beneficiários desta prestação social e nunca antes o valor do abono de família foi tão baixo.
Em comparação com os dados de há dois anos, o número de crianças e jovens beneficiários daquela prestação passou de um milhão e 830 mil para um milhão e 156 mil.
Ou seja, quase 700 mil crianças deixaram de receber abono de família, ao mesmo tempo que o respectivo montante registou o valor médio mais baixo desde há quatro anos, cifrando-se agora num montante de 40,1 euros.
Não só para pôr cobro a esta tentativa de condenar o povo à fome, como para evitar que esta escalada se intensifique, impõe-se que os trabalhadores e suas famílias se organizem e lutem com determinação pelo derrube deste governo!
 
publicado por flordocardo às 01:35

Os bandidos do costume, pois claro!
Abraço!
ramsés a 10 de Abril de 2012 às 16:36

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


26
28



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO