04
Jun 12

 

 

*   *   *

 

DUPLA FACE

 

 

Há nos teus olhos uma sombra destemida

 

A evidência resulta indomável

Não recua perante o seu próprio abismo

move-se inquieta para o seu contrário

incendeia a mão e a palavra

salta ágil de fraga em fraga

tropeça levanta-se logo se levanta

recua respira recomeça agiganta-se

 

As cerejeiras estão carregadas de frutos

e eu diria que há nos teus olhos uma sombra

                                                    destemida

 

 

(Parede, 03.06.2012)

publicado por flordocardo às 00:00

Fantástico! A tua poesia tem alma!
Bjinhos
ónix a 4 de Junho de 2012 às 23:02

Ah... Eu tenho é que começar a organizar-me para reunir o que escrevi ver se dá um livro, é o que é. Mas obrigado pelas tuas palavras de apoio. Eu vou indo.
Bjitos! :)
flordocardo a 5 de Junho de 2012 às 00:09

Deste ainda gosto mais!
Abraço!
ramsés a 4 de Junho de 2012 às 23:59

Obrigado e abraço!
flordocardo a 5 de Junho de 2012 às 00:07

Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

18

26
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO