29
Jul 12

 

*  *  *

 

Quatro auto-retratos
 

2

Porque será que meus olhos tanto necessitam

de ver mar ao longe?

                             Ou pelo menos a água

de um rio

             para aí cheirar a sua raiz

Se calhar foi por tanto apetecer o azul

da água ao longe

                           que meus olhos são claros

e por tanto amar o mar

                           que meus desgostos

se tornaram destemidos e salgados

                                                      e têm

o voo a pique das gaivotas

                                         e o grito ácido

dos pássaros marinhos
 

                                                                     Teresa Rita Lopes (n. 1937)

(do livro «Afectos» - Lisboa, Edit. Presença/2000)

publicado por flordocardo às 03:19
tags:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

18
21

24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO