25
Out 12

 

 

*   *

 

 

Há por aí uns quantos marmanjos da política burguesa que apreciam e louvam o silêncio do Presidente da República na presente situação, pois consideram que Cavaco deve estar, digamos assim, fora da crise - liberto para poder intervir em caso de extrema necessidade…

Tal ponto de vista constitui uma tolice (e uma armadilha) de todo o tamanho. Primeiro, porque a crise existe e é gravíssima. Segundo, porque Cavaco não é parte da solução de tal crise, mas sim parte integrante do problema que a mesma constitui para o povo.

O silêncio de Cavaco constitui uma manifestação clara de apoio ao governo Coelho/Portas. O resto são cantigas!

Completamente isolado e falido perante o povo, o governo Coelho/Portas só se mantém no poder graças ao apoio de Cavaco.

Sucede que Cavaco, homem de duas caras, finge ter dúvidas ou mesmo estar contra a proposta de OE para 2013, colocando outros falarem por ele (Manuela Ferreira Leite, Pacheco Pereira, etc.), enquanto nos bastidores vai apoiando a política de traição nacional do governo.

Na verdade, se o governo é hoje Vítor Gaspar - o homem-de-mão da troika -, ele é também Cavaco Silva

Posto isto, se Cavaco não demite o governo, então temos que assumir que Cavaco deve demitir-se quanto antes. Julgo que será bom que a preparação da greve geral do próximo dia 14 de Novembro tenha isto bem presente.

Cavaco e governo são uma e a mesma coisa!

publicado por flordocardo às 19:07

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

16
18

24
27

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO