02
Nov 12

 

*   *   *

 

A princípio eu pensei que tinha percebido mal; que ouvira Arménio Carlos, junto à Assembleia da República, afirmar que «queremos pagar a dívida».

 

Mas, afinal, era mesmo real a afirmação do dirigente máximo da CGTP. Instantes depois ainda pensei estar em presença de um qualquer fenónemo paranormal. Ilusão minha, de novo...

 

«Queremos pagar a dívida», disse ele. Mas qual dívida? E quanto se deve e quem deve a quem? A quem serve a dívida? Quem a está a pagar com língua de palmo? E quem mandatou Arménio para proferir uma tal afirmação - uma afirmação inteiramente ao arrepio do querer e do sentir do vigoroso movimento operário e popular que se manifesta por todo o país contra a política do capital?

 

Arménio está "a Leste do Paraíso". E, desta forma, está objectivamente a querer sabotar a Greve Geral marcada para 14 de Novembro.

 

Por este andar, acho que, em breve, Arménio de juntará, na prática, ao banqueiro Ulrich e ao cardeal Policarpo... Não será nada de paranormal, garanto-vos.

 

Mas, sr. Arménio, oiça bem: NÃO PAGAMOS!!!

 

TODOS À GREVE GERAL DE 14 DE NOVEMBRO!

 

 

publicado por flordocardo às 00:56

Com amigos destes...
Abraço!
ramsés a 2 de Novembro de 2012 às 22:24

Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
15
17

18
21
24

25
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO