03
Jan 13

 

 

*   *   *

 

ENSINA-ME A FAZER

 

 

Ó tu que agora lês sim

tudo é perfeito e imperfeito quando escreves

ou quando vês teu nome em lugar esparso e fugidio

 

Pudera o tempo ser assim impreciso e imperioso a ti

ó tu que lês

ó tu que escutas as lâmpadas voltadas para dentro

e achas de um nojo absoluto

as televisões que este natal nos trouxe

 

Ó tu que lês

ó tu que escutas

ensina-me a fazer agora as perguntas que não fiz

 

 

(Parede, 24-26.12.2012)

 

publicado por flordocardo às 16:26

Excelente...
porto santo a 3 de Janeiro de 2013 às 19:18

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
18

22
23

27
28
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO