16
Jan 13

 

 

*   *   *

 

 

 

A Câmara Municipal de Cascais dispõe de uma entidade designada por “Cascais Próxima - Gestão da Mobilidade, Espaços Urbanos e Energias” que, entre outras coisas, provavelmente inconfessáveis, trata de promover multas por estacionamento automóvel indevido e sua respectiva execução.

 

No passado dia 9 o meu filho foi autuado por uma agente da “Cascais Próxima” na Parede, por ter deixado o seu carro em “zona de estacionamento de duração limitada, sem efectuar o respectivo pagamento”. A multa (“coima aplicável”, oscilando entre 30 a 150 euros) devia ser paga no prazo de 5 dias úteis, em Cascais, devendo o autuado apresentar-se munido do Cartão de Cidadão, BI ou Passaporte e respectiva Carta de Condução.

 

Como o meu filho já não podia deslocar-se a Cascais nesse dia e no seguinte ia trabalhar para os Olivais, em Lisboa, eu fiquei de tratar do assunto por ele, julgando poder fazê-lo mesmo não sendo eu o autuado. Puro engano, meus caros…

 

No dia 14 dirigi-me até Cascais, munido de 60 euros (não fosse o diabo tecê-las…), do bilhete deixado pela agente no carro do meu filho e do meu BI. Ao apresentar o dito bilhete/multa foi-me perguntado se era o proprietário da viatura. Respondi que não, que era o pai do autuado. Pediram-me então a minha Carta de Condução, tendo eu respondido que não possuía tal coisa, mas que tinha o meu BI (que logo apresentei) e estava disposto a pagar a coima e assinar os papéis que fossem necessários. Que não senhora, não podia ser; ou apresentava Carta de Condução, ou então teria o próprio proprietário da viatura que se dirigir ali para tratar do assunto. Expliquei que o meu filho estava impossibilitado de o fazer e que ou recebiam o meu dinheiro ou ninguém pagava nada… “Então faça como entender…”, responderam-me.

 

Antes que eu perdesse a cabeça, resolvi virar costas e desandar dali.

 

Ficam V. Exas. a saber, nestes termos, que para pagar em Cascais uma multa por estacionamento indevido é preciso ir lá alguém munido de Carta de Condução; pode ser o tio, ou a prima, ou o padrinho do autuado desde que disponha da dita Carta, mas não o pai do autuado sem a mesma. Chama-se a isto "eficiência"... "Eficiência" numa edilidade chefiada pelo PSD.

 

E esta, hem?!

 

Alguém me explica, please?...

 

publicado por flordocardo às 23:46

Boa tarde. Fui multado hj e tou super irritado pq no sitio onde estacionei nao fazia referencia sequer aos horarios do parquimetro. Ao sabado dpois do almoco? Alguem me sabe informar se isto `e legal? Nao deveria ter alguma informacao sobre horarios do parquimetro?
Fabio Cabral a 15 de Fevereiro de 2014 às 15:54

Pois é caros munícipes do concelho de cascais, eu sou portadora de deficiência física e tenho dístico de estacionamento para portadores de deficiência pois muito bem mas ao estacionar no parque ao pé da estação de comboios da parede para poder ir pagar a minha conta da agua, não demorei mais que 20 minutos, heis qual não é o meu espanto quando cheguei ao carro tinha um papel no vidro do carro com algo que chamam multa, escusado será dizer que não a paguei, porém agora passados 6 meses recebo em casa um registo para levantar nos correios,a dita multa. Então pergunto eu será que quem é portador de deficiência física e tem mobilidade reduzida não tem direito e claro na ausência de um lugar devidamente identificado para deficientes, a estacionar por um curto espaço de tempo em qualquer outro lugar de forma a que lhe seja facilitado a sua mobilidade? pois é que de facto o código da estrada diz que quem tem dístico de estacionamento poderá estacionar nos lugares reservados a portadores de deficiência ou outro qualquer lugar por um curto espaço de tempo,caso esteja enganada alguém que me corrija. para mim estamos subjugados a um bando de hipócritas ladroes, o que vos parece?
Cristina godinho a 9 de Março de 2014 às 12:54

Tb foi autuado por esses chulos, Ia com o meu pai que é deficiente e uma vez que o local para deficienets estava ocupado estacionei noutro lugar próximo e coloquei o distico no parabrisa. (distico emitido pela IMTT ).

Pois esses senhores multaram com 30€, fiz uma carta a reclamar e o sr administrador miguel casaca respondeu que tenho mesmo dep agar.
Anónimo a 18 de Junho de 2014 às 13:16

Pois é, hoje foi a minha vez. Multa entre 60 a 300 euros por, apesar de ter deixado o pagamento, não reparei que era zona de uma fundação no Estoril..., Bom, não vou lá porque moro longe, vou esperar pela carta, mas realmente tenho dúvidas sobre a legitimidade e legalidade desta multas. Se alguém me poder esclarecer por experiência própria ou conhecimento, agradecia que me contatasse. anamfmartins@sapo.pt
Obg
Anónimo a 18 de Julho de 2014 às 15:02

bem, apos ler algumas coisas aqui e lendo um pouco o codigo da estrada e sendo eu, tambem, uma "vitima" dos parquimetros em cascais, vou so expor umas ideias.

1 - os agentes de fiscalizacao da cascais proxima sao credenciados pela autoridade nacional de seguranca rodoviaria (ANSR) para fiscalizar as zonas de estacionamento, podendo assim autuar os infratores ao codigo da estrada.

2 - não é obrigatorio ir ao atendimento da cascais proxima para efetuar o pagamento da coima. se o carro estiver em nome do infrator e o DUA estiver tambem com a morada atualizada, ira ser enviada uma carta registada com aviso de recepcao para essa mesma morada com uma entidade, referencia e com o montante a pagar. a colocacao do talao nao é obrigatorio. ir ao atendimento é unica e exclusivamente vantajoso para quem tem o carro associado a uma outra entidade.. tipo leasing. porque? porque a entidade autuante tem sempre que identificar o condutor e assim sendo, teria de ser enviado um pedido de identificacao do condutor para o proprietario da viatura (empresa leasing) e só por fazer isso, a empresa leasing vai cobrar um extra ao condutor.

3 - as infracoes ao codigo da estrada que eu, enquanto municipe, verifico na nossa vila sao DEMAIS. a culpa é das forcas de seguranca publica. à exepcao da policia municipal e da cascais proxima, raramente vejo carros multados por estacionamento indevido ou abusivo nas diferentes arterias de acesso a vila.
anonimo a 31 de Janeiro de 2015 às 19:16

Meu caro... apostava que o Sr. se chama Carlos Carreiras da forma como fala. Fala como uma laranjinha podre. São tendenciosos as suas palavras... A PSP preocupa-o.
Carlos Massas a 7 de Abril de 2016 às 16:57

Vai-te foder porco socialista, o teu filho que morra de cancro.
Paulo a 19 de Agosto de 2015 às 21:19

que resposta mais aberrante, só um sociopata pode escrever assim: porco socialista e o fillho morrer de cancro, mas que gente é esta??
Anónimo a 7 de Novembro de 2017 às 12:57

O meu carro foi rebocado há porta da igreja,na hora da missa porque estava meio carro encima do passeio.Estava portanto em infração.Mas será que o jagunço que andou a fazer este trabalho,ficará mais rico?E a Câmara não tem vergonha de mandar esturquir dinheiro junto à um local de culto, onde não se deveria pagar.E que agora só domingo paga -se.Para ser mais conclusivo junto ao local de voto,estavam estacionados no separador Central tantos que não cabiam mais.Porque não foi ou foram lá os ditos jagunços,renovar e multar estas viaturas.?A isto chama-se descriminação que é punida por lei.Sr Carlos Carreias veja oque faz
jose coelho a 4 de Outubro de 2015 às 16:32

Este sistema de parques de estacionamento na praia é uma treta ! Deviam pegar fogo a todos os parquímetros !! Chulos e atrasados mentais são os que implementam pagar num parque para ir a praia , surfar ou passear !
Jane a 13 de Outubro de 2015 às 19:41

Sofremos porque somos demasiado mansos na hora de votar (ou não temos alternativa credível já desistimos) e no dia a dia.

Há que fazer como no Canadá:

- Cola na ranhura das moedas
- Spray preto nas máquinas.

Se as máquinas não estiverem a funcionar ou sem as indicações legais de utilização não pode ser cobrado o estacionamento ou autuados os condutores.
Se formos muitos a fazê-lo e não lhes dermos tréguas eles não vão ter capacidade de substituir e reparar as máquinas e acabamos por vencer.
A democracia também se exerce com a revolta dos cidadãos contra a injustiça.
Votar não é dar carta branca para fazerem o que querem.
Pagamos impostos (e não são poucos) para termos estradas para circular e lugares para estacionar os carros. Voltam a cobrar-nos por algo que já pagámos e continuamos a pagar nos impostos sobre combustível?

Passámos de uma ditadura de 20 anos para múltiplas ditaduras de 4...
Anónimo a 29 de Janeiro de 2016 às 12:32

Isto não se trata de eficiência,nem de bom senso,nem sequer de burocracia é simplesmente estupidez.
Mais gente para receber à nossa conta !!!!!!.
Estes senhores nem se dão ao luxo de indicarem o número de telefone(qual sociedade secreta) para não serem incomodados.
Sergio a 10 de Janeiro de 2017 às 18:44

Sao de facto uma sociedade secreta. Eu estou procurando maneira de lhes dirigir a palavra e contestar a grande chulice de que os cidadãos são alvo no parque de estacionamento junto ao casino do Estoril
Anónimo a 7 de Novembro de 2017 às 13:00

É verdade, é tudo uma cambada de ladrões que estão à frente destas ditas empresas municipais que mais não servem que para encher o cu a meia dúzia de administradores da treta que ninguém conhece mas que vivem à conta do partido e da administração das câmaras que os conhecem muito bem e depois têm umas dúzias de lacaios que para receberem o ordenado mínimo têm de facturar à força toda por que senão são substituídos.
Estes meninos principalmente na zona de Parede da parte de baixo da linha do comboio e de verão, sabem que o espaço é reduzido para estacionamento e daí tudo o que estiver mal estacionado (mesmo com espaço e sem interferir no trânsito) está a comer, até esperam que as pessoas voltem costas, é uma vergonha porque principalmente actuam enquanto as pessoas estão na praia.
Também eu fui apanhado, deixaram-me um talão no vidro (que voou com o vento).
Para pagar terão que me notificar com carta registada com aviso de recepção e para isso é preciso eu estar distraído porque se perceber não vou assinar, terão de me vir notificar pessoalmente e não têm outra maneira de fazer.
Só podem executar depois de me notificar pessoalmente ou com aviso de recepção.
Mais um candidato a trabalho comunitário pode ser que me arranjem emprego na "Cascais Longínqua"
quatrossss a 19 de Janeiro de 2017 às 15:41

O horário de pagamento do estacionamento frente ao casino do Estoril ( que se prolonga pela noite e madrugada) é uma manifesta caça ao dinheiro e ao aproveitamento forçado pela existência do casino. Uma espertalhice portuguesa dessas sociedades públicas ou público privadas que vivem na sombra do poder estatal.
Anónimo a 7 de Novembro de 2017 às 13:09

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
18

22
23

27
28
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO