29
Abr 13

 

 

*   *

 

MELODIA


Este é o orvalho dos teus olhos. 
Esta é a rosa dos teus vales. 
O silêncio dos olhos está no silêncio das rosas. 
Tu estás no meio, 
entre a dor e o espanto da treva. 
Arrancas-te ao mundo e és a perfumada 
distância do mundo. 
Chego sem saber, à beira dos séculos. 
Despenho-me nos teus lagos quando para ti 
canta o cisne mais triste. 
O pólen esvoaça no meu peito, junto às tuas 
nuvens. 
Esta é a canção do teu amor. 
Esta é a voz onde vive a tua canção. 
As tuas lágrimas passam pela minha terra 
a caminho do mar.


                                  José Agostinho Baptista (n. 1948)



publicado por flordocardo às 01:12
tags:

Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14
16
18
19

27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO