03
Nov 13

 

 

*   *   *

 

As coisas que a minha irmã se lembra de colocar na sua página no facebook...

_________________________________________________________________

 

O adquirido que tanto custou a conquistar

Agora é líquido, adquirido – temos liberdade!
Mas…damos-lhe todos o mesmo valor? Não, claro que não.
Para quem tem pouca consciência política, provavelmente até o facto de termos tido uma Polícia do Regime lhes terá passado ao lado, até mesmo na própria época. Certo é que existiu e muitas foram as mossas que deixou e que com os tempos se vão esfumando.
A diferença de idades que tínhamos entre irmãos eram doze anos e se agora não faz diferença nenhuma, na altura fazia toda – andava eu na escola primária e ele iniciava-se noutras andanças. Aliás, a primeira lembrança que tenho do meu irmão não é de algum Natal, ou de brincar comigo é a de ouvir constantemente a minha mãe a dizer-lhe:
- Vê lá tem cuidado! Tu vê lá no que andas metido!
Ele nunca lhe respondia. Em vez disso atirava sempre com a mesma pergunta:
- Onde é que estão os meus ténis, mãe?
Só com o tempo percebi que o facto de querer os ténis era para poder correr melhor se a polícia aparecesse. O destino? Lisboa. O objectivo? Pintar paredes com palavras de luta contra o Regime.
Enfim, Abril chegou e a liberdade veio de peito feito mas, lá em casa , entrou de mansinho e com muitas desconfianças… 
O quarto do meu irmão estava cheio de propaganda – jornais, revistas, bandeiras, bancas, enfim, era uma dependência do meninos rabinos que pintavam paredes e, bastou um telefonema ( que nunca se percebeu de quem era ) para o meu pai queimar tudo, não fosse o Diabo tecê-las. Mas afinal a liberdade tinha vindo para ficar e com o tempo foi-se firmando e foi-se mesmo acreditando nela.
Cresci a acompanhar as conquistas da liberdade e depois de tantas lutas hoje concluo que afinal somos um Povo pobre e mal agradecido. Para mim, tudo o que temos hoje como direitos, liberdades e garantias inquestionáveis foram obra da Esquerda e nunca até hoje lhe demos o poder – e temos tido liberdade para isso !!! 

Paula Ferrão

(02.11.2013)


                                (PS - Mil beijos para a minha irmã!)

publicado por flordocardo às 04:44

Pois gosto. Abraço!
Melt a 4 de Novembro de 2013 às 21:05

Escrito do coração, acho eu.
Abraço!
M. Silvino a 6 de Novembro de 2013 às 01:54

Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
16

21
22

24
27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO