30
Jan 10

publicado por flordocardo às 14:55
tags:

Cara Ónix:
Não fazes a mínima ideia do estado em que me encontro; e, no entanto, tem sido importante para mim o teu contacto. Desespero e agonizo neste preciso instante!
Não era alguma vez imaginável para mim vir a passar pelo que estou a passar, e com uma intensidade tão devastadora. Por isso mesmo tens sido, sem que faça a mínima noção de quem sejas, um pequeno esteio para mim. Obrigado por isso. Também não farás a mais pequena ideia de quem sou, e isso intimida-me. Mas preciso de falar com alguém. Queres correr o risco de me dar o teu telefone?

Abraço!
flordocardo a 30 de Janeiro de 2010 às 22:45

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO