02
Fev 10

 

- Esta é quase em directo.

 

Em mais um daqueles programas televisivos destinados a prepararem-nos psicologicamente para a «austeridade» que aí vem a passos largos, imposta através do OE/2010 (em fase de acertos...), acabo de ouvir o "socialista" Henrique Neto dizer que o Primeiro-ministro, José Sócrates, se assemelha a um excelente «vendedor de automóveis».

 

Foi no "Prós e Contras" que ainda está no ar na RTP 1.

 

Isto, meus amigos, está a ficar bonito de se ver (ainda que em concorde com Henrique Neto).

 

- Quanto ao défice... Bem, Constâncio ficou «surpreendido» com o seu valor. O ministro Teixeira dos Santos, também ficou surpreendido com o défice de 9,3 por cento verificado no final de 2009. E ontem, Sócrates tratou de desdizer ambos, afirmando que o défice subiu porque «o governo quis que ele subisse»...

 

Está bonito ou não está?!

 

Isto já não é um problema de bom-senso ou falta dele. É inapelavel e indesmentivelmente um caso paradigmático de impotência política de toda esta gente "culta" e "dedicada" ao povo e ao país. Gente que não tem culpa "nenhuma" do que se está a passar com o país e com quem nele trabalha - e que até afirma que os quer "ajudar"...

 

Gente que, em suma, tem que ser escovada do poder!

 

E já repararam que ninguém fala de investimento no sector primário e no sector secundário da economia?...

 

Estamos a viver uma trágica opereta!!!

 

 

publicado por flordocardo às 00:11

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO