25
Mai 09

 

Estive há pouco nos correios, na estação dos Restauradores.

 

Ali, como na Feira da Ladra, vende-se de tudo. Para além dos selos, porta-chaves, telemóveis, set's de escritório (um pack composto por um garfo, uma faca e uma colher para comer no posto de trabalho),  livros, etc.

 

Falemos de livros. Eis os títulos de alguns (de "gabarito"...): «Conselhos do Coração», «Receitas naturais para mulheres», «O nosso casamento», «Viaje em busca dos seus sonhos», «A vida com a minha irmã Madonna», «Ser feliz porque sim», «A arte de bem vender»...

 

Tive quase meia-hora para ser atendido, e ainda me quiseram vender um livro... Como se bem tornando hábito, disse: «Ainda vos hei-de ver a vender tremoços e imperiais...»

 

Saí dali ligeiramente agoniado. É certo que o meu almoço se consubstanciou numa sandes de queijo e meia-gaiola de tinto. Por isso, talvez (também), jurei vingança. Apeteceu-me jantar uma posta de bacalhau cozido com batatas.

 

Conclusão: apesar dos correios que hoje temos (ou por isso mesmo), não perco a minha identidade nem por mais uma!

 

Quanto ao bacalhau... Já cá canta!

 

 

publicado por flordocardo às 22:27

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
16

18
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO