08
Fev 10

 

 

 

Miguel Frasquilho e Pedro Passos Coelho, do PSD, Manuel Serrano e Francisco Assis, do PS, Paulo Portas, do CDS-PP: todos eles defenderam já (ou mostraram-se disponíveis a isso) uma redução dos chamados «salários dos políticos», com base na ideia de quem está melhor, ou no topo, deve «dar o exemplo». Passos Coelho chegou mesmo a falar de um corte de 10 por cento.

 
Ora, há uma pergunta que depois disto não me sai da cabeça…
 
Se estes senhores estão dispostos a tanto, então quanto estarão dispostos a cortar nos salários dos restantes portugueses que vivem exclusivamente do seu trabalho?...
 
Boa pergunta, não é?

 

 

publicado por flordocardo às 20:46

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO