25
Fev 10

 

 

O que pude ver nas últimas 48 horas a respeito da calamidade que se abateu sobre a Madeira é absolutamente aterrador.  Como eu previra, a dimensão da tragédia é hoje bem superior aquela que as primeiras imagens nos revelaram. 

 

Foto Sapo

 

E ficámos a saber que não existe na região um radar meteorológico...

E ficámos a saber que, afinal, não se sabe bem quantas pessoas efectivamente pereceram ou se encontram desaparecidas...

E constatamos que persiste a ideia de não declarar a Madeira como alvo de «calamidade pública»... Por qual razão?

 

Valha-nos a proverbial valentia dos madeirenses e a solidariedade já revelada, a nível do todo nacional, para com os mesmos!

 

publicado por flordocardo às 14:32

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO